Brasileiro revela que planejou prisão na Venezuela

jonatan-diniz-facebook
Reprodução: Facebook

 

Expulso da Venezuela após ter sido preso acusado de chefiar uma ONG que atuaria como organização criminosa dentro do país, o brasileiro Jonatan Diniz amitiu que planejou sua prisão para gerar repercussão e alertar para “a fome das crianças no país”, segundo o próprio. Em vídeo gravado na Califórnia, onde mora, o catarinense de 31 anos contou o caso.

“Se eu fui para lá e fui, é porque incitei ser preso. Eu planejei ir para a Venezuela, chamar atenção e ser preso. Admito. Com o dinheiro que eu tenho, não daria para salvar nem cem crianças. Num ato sem medo, fui, falei e enfrentei de cara pessoas poderosas, ligadas ao presidente e às Forças Armadas. Fui para a cadeia justamente porque eu queria ir para a cadeia para acontecer a repercussão, para mostrar que tem criança morrendo de fome. Indo para a cadeia, aconteceu exatamente o meu plano”, disse.

Jonatan não detalhou o que teria feito para incitar a própria prisão. Segundo ele, o  objetivo era financiar ajuda para a sua organização. “Foram onze dias de apreensão, de orações. Só que a minha vida não é nada. Se eu puder, com tudo isso que eu fiz, salvar uma criança, já valeu tudo a pena. Se eu tiver que arriscar minha vida mais cem vezes, vou arriscar. Se algum governo, se alguma polícia quiser me prender por isso, pode me prender. Estou aqui à disposição. Se é para fazer o bem, eu topo arriscar a minha vida”, disse.


Fonte : http://bahia.ba
Leia mais : Brasileiro revela que planejou prisão na Venezuela

Deixe sua opinião e comentários

Top
%d blogueiros gostam disto: